Semana Santa, dessanta



O feriado já começou para alguns indivíduos e os não tão bons e crônicos problemas também. A imprudência nas estradas, os excessos alcoólicos e de vícios, religiosos ou não, e as mais esdruxulas manifestações durante os dois dias que nomeia toda a semana de "santa". 
Não podemos deixar passar essa semana sem nenhum tipo de observação!
A primeira coisa que precisamos lembrar é que as pessoas, além dos que participam de eventos como procissões,  não querem saber do evento em andamento! Senhores Católicos e protestantes (vulgo evangélicos) se existem pessoas que não estão nos eventos religiosos da semana santa é porque não querem ou não podem participar e preferem dormir (quando o evento ocorre em plena madrugada) ou se dedicar a outra coisa mais produtiva. Portanto, não podem ser incluídos na eventualidade corrente por meio da força. Então, não utilizem carros-de-som ou outro meio que possa atrapalhar as pessoas no interior de seu asilo inviolável - a casa.
A segunda é: Não sejamos hipócritas! A semana santa não tem nada de santa. Nem mesmo o nome é santo. No entanto, é respeitável toda e qualquer manifestação religiosa já que religião não se discute, aceita. Mas isso não quer dizer que vários dogmas e rotinas anuais sejam impostas a todos as pessoas. No ínterim, essa é a semana  do pecado, não da santidade.
A terceira é que as encenações da "Paixão de Cristo" torna-se ridícula nas mãos de uns e outros que se metem em reproduzir aquilo que não é o momento mais especial da vida do Cristo. Na verdade, o que os indivíduos gostam não é de relembrar esse momento, que também não é santo(desde quando um assassinato é santo? Pior ainda e for de um Deus) e sim de ver a crueldade exposta da raça humana. Ninguém, ou boa parte dos que assistem, não está no objetivo do plano divino da crucificação, apenas no sanguinolento estado humano do Deus. O homem gosta da desgraça!
A quarta observação recai sobre a gula ignorante. Logo após a páscoa, ou o domingo de páscoa, os preços de tudo ofertado durante o período "santo" fica exponencialmente mais barato! Então, por que não comprar depois, para economizar?
Bom, para todos, independente de religião, aproveitem o feriadão e a páscoa, a gula, mas com responsabilidade e respeitando o espaço do outro. Nessa semana que nada tem de santa, boa santidade aos santos de chocolate!

Postagens mais visitadas